Fale com a ABN

Facebook

Home > Clippings > ABN apoia criação do Instituto Brasil de Medicina

12/01/2018

ABN apoia criação do Instituto Brasil de Medicina

Academia Brasileira de Neurologia

A Academia Brasileira de Neurologia marcou presença na sessão solene de lançamento da Frente Parlamentar da Medicina (FPMed), em dezembro, na sede da Associação Médica de Brasília (AMBr). O encontro marcou também a criação do Instituto Brasil de Medicina, tendo a participação do atual presidente da ABN, Gilmar Prado, e da ex-presidente, Elza Tosta. 
 
O Instituto  garantirá sustentação legal à Frente Parlamentar da Medicina, presidida pelo médico e deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM/MS) e que já conta com recebeu apoio de 170 parlamentares. 
 
Segundo Mandetta, a iniciativa é fundamental porque a Medicina ainda não possuía organização política nenhuma no Congresso Nacional. “É preciso que os médicos apresentem suas propostas e cobrem retorno dos seus representantes no Legislativo”. 
 
“A sociedade requer uma Medicina praticada com responsabilidade, precisa que as faculdades formem bons médicos, que nós tenhamos prova para certificar aqueles que se formaram no exterior e não conhecem a Medicina brasileira”, acrescenta o presidente da FPMed.
 
Para o presidente da ABN, Gilmar Prado, os médicos necessitam com urgência de boas condições de trabalho e de uma Carreira de Estado, além remuneração justa. 
 
“A criação do Instituto é um marco para a mudança de atitude dos médicos em relação a sua inserção dentro do cenário político. Não é mais possível a classe ficar isolada dessa atividade. O médico precisa voltar a ser o timoneiro de sua profissão”.
 
Uma nova reunião para resolução de questões de ordem burocrática e operacional deve ocorrer ainda este mês. Já em março, os participantes do Instituto pretendem realizar uma grande assembleia geral, reunindo todos os representantes das entidades associativas, sindicais, conselhais e de especialidade para definição das próximas ações.

Agenda

Cursos e Eventos

+

Destaques